Blog da V+ Saúde

Posse responsável de animais de estimação



A correlação entre os seres humanos e os animais já existe há muitos e muitos anos, demonstrando claramente como a humanidade foi e é dependente dos animais, seja para alimentação, fonte de trabalho e transporte, como conforto emocional, entretenimento, esportes e para diversas outras finalidades.

Existem inúmeras diferenças entre os homens e os animais, afirmando assim, que os animais não têm os mesmos desejos e necessidades que os humanos, e que não compreendem tudo que o compreendemos. No entanto, humanos e animais têm alguns desejos em comum: os desejos por comida e água, abrigo e companhia, liberdade de movimento e de não sentir dor ou sofrimento. Como os humanos, muitos animais compreendem o ambiente que os abriga, assim como, os hostiliza, caso contrário, não sobreviveriam. Desta forma, apesar de todas as diferenças, há igualdade.

Com isso, a partir do momento que decidimos de maneira consciente e espontânea “adquirir” um animal de estimação, nos deparamos com um assunto de grande relevância nos tempos atuais: a posse ou guarda responsável. Mas o que significa sermos responsáveis por um cão ou por um gato ou por uma ave ou por um roedor ou por um réptil, entre outros animais que passaram a fazer parte do nosso convívio familiar?

A guarda responsável compreende um conjunto de regras, atitudes e cuidados, que devemos ter para com os animais. Porém, para que possamos realizá-las de maneira harmoniosa e consciente, devemos ter o conhecimento sobre alguns itens fundamentais, cujo objetivo principal é garantir o bem-estar destes seres vivos tão especiais.

Conviver com um animal de estimação é um privilégio, mas para que esta relação seja feliz, elementos como bondade, justiça e compaixão, devem fazer parte, afinal devemos ter respeito pelo sentir do outro.

Inicialmente, devemos ter o conhecimento sobre quais são as necessidades específicas para cada espécie e com isso, verificarmos se é possível, dentro das nossas reais condições, assumir e executar tal compromisso, sendo naquele momento e no transcorrer de toda a vida do animal.

Com isso, adquirindo o seu animal de estimação, conhecimentos básicos e particulares relacionados ao manejo e ao comportamento da espécie, devem fazer parte da sua rotina, para que seja mantida a sua integridade física e emocional.

Cuidados com a saúde que engloba alimentação saudável e adequada, ambiente e espaço físico favorável às suas necessidades, educação básica e cuidados médicos veterinários periódicos fazem parte de alguns itens importantes que devem ser respeitados e seguidos de forma criteriosa.

Além disso, informações sobre controle de natalidade, prevenção e transmissão de doenças, são fundamentais para um equilíbrio entre as espécies.

Devemos também, ter o conhecimento de que nossos animais, independente de sua espécie, precisam ser registrados, como uma forma de garantirmos a sua identificação e o vínculo com o tutor responsável. Minimizando assim, situações desagradáveis como fuga, acidentes ou abandono.

A verdade consiste que a partir do momento que decidimos pela aquisição de um animal de estimação, seja através da adoção ou da compra, o compromisso é o mesmo. Respeitar a sua vida e os seus direitos, sem que condições morais estejam envolvidas.

#vmaissaude #clínicaveterinária #saúdedospets #posseresponsável

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Black Instagram Icon