Blog da V+ Saúde

“Cara de um, focinho do outro": a semelhança entre nós, seres humanos e os nossos animais de es



As pessoas que convivem com animais costumam relatar que os seus companheiros de quatro patas se parecem com eles em seu comportamento e caráter.

E você? Já reparou como alguns animais de estimação, principalmente cães e gatos, são muito parecidos com os seus donos?

Tal semelhança vem acontecendo ao longo dos séculos, através da domesticação, onde o ser humano realizou um processo de seleção dos cães por suas aptidões, características físicas ou tipos de comportamentos.

Assim, com relação as suas atitudes, a compreensão fica mais fácil, afinal quem cuida e educa o animal é o humano, mas eventualmente eles se parecem fisicamente, o que é, além de muito divertido, um tanto quanto intrigante.

O primeiro item que podemos considerar para explicarmos tantas semelhanças é o instinto. É natural durante a “escolha” de um animal de estimação, que a façamos de acordo com características compatíveis as nossas. Ou seja, a escolha será determinada pelo comportamento e estilo de vida que adotamos. Uma pessoa dinâmica provavelmente irá escolher um animal ativo, enquanto uma pessoa calma e tranquila irá optar por um animal sereno e sossegado.

Considerando ainda o lado instintivo, no caso do animal, a facilidade em se adaptar ao ambiente e as características dos que nele também habitam, é fundamentada na convivência em grupo. No caso dos cães, baseado no comportamento dos seus ancestrais que viviam em bandos, o objetivo é se adaptar à família no qual faz parte e ao ritmo já estabelecido.

Com isso, ao longo da vida e da convivência entre o tutor e seu animal de estimação, os hábitos são construídos diariamente e acabam moldando a personalidade do animal.

Entretanto, mesmo considerando o fato do ser humano escolher seu pet com personalidade semelhante a sua, pessoas e animais são muito parecidos. Toda esta correspondência é decorrente do que chamamos de mimetismo, compondo o segundo item que explica tantas semelhanças. Da mesma maneira que as crianças fazem, os animais demonstram uma capacidade significativa em imitar os seus donos, guardando as informações para futuras repetições.

Em resumo, a explicação para tantas afinidades está no “olhar” e na fidelidade que os animais dispensam a seus tutores humanos, que é indescritível. É uma relação de amor e lealdade que ultrapassa o tempo e a razão.

Mas mesmo com tantas semelhanças, decorrente do processo de domesticação e a afeição criada entre as espécies, não é saudável ao cão, gato ou qualquer outra espécie animal, a perda de características específicas e primordiais à sua natureza. A integridade da sua origem é fundamental para manutenção da sua saúde física e mental.

#vmaissaude #clínicaveterinária #cãesegatos #saúdedospets #comportamentoanimal

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Black Instagram Icon

Copyright © 2019 - Clínica Veterinária V+ Saúde - Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon